5ª edição do Concafé em Rondônia tem 14 indígenas de três etnias na disputa

A próxima etapa deve ser realizada de 14 a 19 de setembro em Cacoal (RO).

O Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé) recebeu mais de 200 inscrições na 5ª edição, realizada em 2020. Dessas, 14 são de indígenas das etnias Suruí, Aruá e Tuparí. A informações foram divulgadas pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (11).

Participam 214 cafeicultores, sendo 35 mulheres, com amostras de 30 municípios do estado. Cacoal, Nova Brasilândia do Oeste e Seringueiras tiveram os maiores números de inscritos.

As amostras recebidas passaram por uma triagem e foram codificadas para serem testadas. Os trabalhos de análise de teor de umidade, granulometria e contabilização de defeitos dos grãos encerram nesta sexta (11).

Os grãos são classificados de 2 a 8, sendo o 2 o melhor tipo. Aqueles que apresentarem o tipo 6 ou melhor passam para a próxima etapa da competição, a análise sensorial, que é realizada por profissionais com formação Q Robusta Grader, seguindo protocolo internacional.

Segundo o Governo, as equipes de juízes do concursos são compostas por três profissionais, sendo um de Rondônia, um do Espírito Santo e um do Paraná. A próxima etapa deve ser realizada de 14 a 19 de setembro em Cacoal (RO).