China quer ‘prevenir’ feminização dos meninos e ‘cultivar a masculinidade’

O Ministério da Educação do Partido Comunista da Chinha (PCCh) lançou o programa intitulado “Proposta de Prevenção da Feminização de Homens e Adolescentes”. Lançado no início desse mês, tem como objetivo “cultivar a masculinidade dos alunos”.

Conforme divulgou o programa, o intuito é implementar métodos nas escolas chinesas para reformular as aulas educação física, contratando ex-atletas e outros profissionais com experiência esportiva para lecionar e fomentar fortaleza e virilidade nos meninos.

O anúncio do Ministério da Educação acontece após uma declaração, feita em maio do ano passado, pelo consultor do governo Si Zefu. O consultor apontou que muitos jovens chineses estariam se tornando “fracos” e “tímidos”.

Zefu disse ainda que essa “feminização” estaria ocorrendo porque a maioria dos meninos são criados por sua mãe ou avós. Tal fenômeno estaria colocando em risco a “sobrevivência e o desenvolvimento da nação chinesa”, finalizou o consultor.