A Polícia Civil confirmou que um jovem de 19 anos, acusado de participação na morte de Franciney da Silva Ferreira, no último dia 19 de junho, na Linha 605, em Jaru (RO), se entregou nesta terça-feira, dia 30 de junho, acompanhado de um advogado.

Segundo a polícia, o jovem teria dirigido o veículo usado para praticar o crime de homicídio. Japão era churrasqueiro no Espaço Esperança, em Jaru e teria sido morto a pauladas, no Jardim dos Estados.

Há ainda uma terceira pessoa que foi identificada, mas segundo as autoridades, já foi ouvida e liberada. É também um jovem, mas não há indícios de que tenha participado do crime.

Assim que foi ouvido na Unidade Integrada de Segurança Pública de Jaru (Unisp), o acusado foi levado para a casa de detenção, pois, o mandado de prisão temporária, tinha prazo de tinta dias e prazo prorrogado.

O Crime

Vítima Franciney da Silva Ferreira
Foto: Portal P1

O corpo japão encontrado por um morador no início da madrugada deste sábado, dia 20 de junho, na Linha 605, zona urbana de Jaru (RO), no Bairro Jardim dos Estados.

A vítima foi assassinada a pauladas e tinha muitos ferimentos no crânio. Japão estava caído ao lado de uma motocicleta da marca Yamaha, modelo Fazer 250.

A vítima estava usando uma camisa de torcedor do time amador jaruense Real Master, com o nome Japão nas costas. Estas são evidências que serão usadas pela Polícia Civil que investiga o crime, que não teria testemunha ocular. Pelo menos esta é a informação preliminar, até o fechamento da edição.

A Polícia Militar foi a primeira a chegar no local e isolou a área a fim de preservar provas e evidências, que ajudarão na solução do assassinato.