LADRÃO DA ESQUERDA OU DIREITA, NADA MAIS É DO QUE LADRÃO.

Quando Jânio Quadros foi candidato a presidência da república em 1960, “Varre, varre vassourinha…  foi o jingle da campanha ‘’VARRE, VARRE VASSOURINHA, VARRE A CORRUPÇÃO”
A corrupção instalada nos palácios governamentais vem de longe,  o que lamentamos é que entra governo, sai governo, e aqui estamos nós, lutando, nos debatendo,  para que seja dado um basta a esta prática nociva a sociedade.

Não vamos nos iludir, de que a corrupção seja algo fácil de banir da vida pública de um país, pois não se trata da  vontade  exclusiva deste ou daquele mandatário, é preciso entender, que infelizmente muitos do que ali estão pensam diferente, ou seja preferem se locupletar da coisa pública, esquecendo-se por completo da população.

Escândalos de corrupção estão por toda parte, não é uma exclusividade das terras de Cabral;   embora precisamos ter a certeza de que no decorrer do governo da esquerda em nosso país, foram sim,  registrados os maiores escândalos de corrupção da nossa história, é só pesquisarmos e logo iremos nos deparar com o mensalão e o petrólão, este último considerado o maior caso da história de nosso país, e do mundo, tamanha era a sede de dinheiro dos chamados companheiros, que para tristeza de todos, entenda-se que os principais atores, estão livres, alguns até colocando seus nomes a disposição dos eleitores, nas próximas eleições.

A Vassourinha, empunhada pelo saudoso JÂNIO QUADROS, deve ter sido literalmente esquecida pelos nossos governantes, ou até mesmo muito lembrada, para que a mesma apenas fosse usada para varrer a corrupção para baixo do tapete, ao invés de servir para limpar este mal que vem assolando o nosso país, onde todo um sistema parece vir trabalhando para dificultar que esta pratica nociva a nossa sociedade seja banida de uma vez por todas.

Por outro lado existe toda uma falta de conhecimento, daqueles que pregam aos menos esclarecidos, de que ricos não roubam, ricos não desviam o dinheiro da máquina pública, quando na realidade os casos apurados envolvem sim a maioria de milionários, donos de grandes empresas, afinal são estes que sempre estão mais próximos aos governantes, recebendo favores e benefícios do poder e dele fazendo parte, para provar é só verificar os nomes envolvidos nos escândalos.

Hoje quando assistimos as acusações mútuas de nossos governantes, o ideal seria que fizéssemos uma profunda reflexão, para então distinguirmos aqueles que realmente estão lutando por um país livre da corrupção, por um país onde os direitos realmente possam prevalecer para todos, onde as leis sejam aplicadas para todos, e assim a justiça cumprir fielmente o seu papel, punindo exemplarmente aqueles que buscam o poder, apenas com o intuito de roubarem o país, e satisfazerem as suas vontades.

No mais precisamos arrumar um outro símbolo contra a corrupção, não foi a vassoura,   não foi o lava-jato;  quem sabe o LIVRO, o livro que nos  traz conhecimento, saber, educação, direitos, deveres, que te mostra como ser  um verdadeiro cidadão,  quando posto em prática os tantos ensinamentos contidos no mesmo, em relação a ética, a moral, a decência, ao respeito e amor ao próximo, talvez este seja o slogan, o símbolo  que estamos nós brasileiros precisando, livros…livros…