Laerte Gomes lamenta preço do leite e levanta bandeira de luta pelo produtor rural

Laticínios querem pagar 65 centavos de Real por litro, preço que está quebrando a cadeia produtiva.

0
Foto: Marcos Figueira-ALE/RO

Em discurso na sessão da Assembleia Legislativa de terça-feira, o presidente Laerte Gomes (PSDB) lembrou que o principal item da economia de Rondônia é o agronegócio, mas o leite pode ser considerado o contracheque do pequeno produtor, que está revoltado com os laticínios. “Tem produtor que recebeu 65 centavos pelo litro. Eu vou ao supermercado e vejo que não baixou nem o preço do leite nem dos derivados”, destacou.

Laerte Gomes citou o deputado Adelino Follador, que tem parentes no Sul do País, onde o produtor recebe R$ 1,50 pelo litro do leite.“Quando Assembleia investigou o cartel da carne, mudou a relação com o produtor rural. Precisamos fazer alguma coisa com os laticínios. Se o Brasil inteiro estivesse assim, tudo bem, mas é em Rondônia. No Estado tudo mundo está comprando e os preços estão subindo. Pedi ao Procon para verificar por que os preços sobem nos supermercados. Há gente aproveitando para aumentar seus lucros”, denunciou.

Ele afirmou ser necessário tomar uma atitude. “O produtor entrega o leite hoje e só recebe em 60 dias. A indústria fica 60 dias com o dinheiro. Precisamos nos pronunciar sobre isso”, finalizou o deputado Laerte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here