Legenda: Craque brasileiro ostenta os três gols marcados contra o Peru Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Seleção Brasileira de futebol venceu o Peru, de virada, na noite desta terça-feira (13) por 4 a 2. A partida aconteceu na casa dos adversários, no Estádio Nacional em Lima. Foi a segunda vitória do Brasil pela Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, em 2022. 

O jogo contou com noite inspirada de Neymar, que marcou três gols para garantir a vitória. O camisa 10 fez dois gols de pênalti (o primeiro e o terceiro) e ainda decretou a vitória do Brasil marcando último gol. Richarlison foi o responsável pelo segundo gol do Brasil.

No 50º jogo  à frente da seleção brasileira, o técnico Tite esteve perto de sofrer a quinta derrota mas dois pênaltis, convertidos por Neymar, compensaram as falhas na defesa e a falta de criatividade para levar o Brasil a uma virada sobre os donos da casa. O atacante anotou o terceiro gol nos acréscimos, quando o time peruano já atuava com um a menos em campo.

O segundo triunfo em dois jogos deixa a equipe de Tite com seis pontos, mesma pontuação da Argentina, na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 por ter maior saldo de gols. O Peru, que já havia derrotado Brasil em 2019, tem apenas um ponto.

Os erros só não custaram a vitória porque Neymar soube aproveitar as oportunidades, principalmente nas duas penalidades. O atacante chegou aos 64 gols pela seleção, superando Ronaldo (62), e se isolou como o segundo maior artilheiro do time. Só está atrás de Pelé (77).

Veja lista de artilheiros históricos da Seleção

  • 1º Pelé (77 gols)
  • 2º Neymar (64 gols)
  • 3º Ronaldo (62 gols)
  • 4º Romário (55 gols)
  • 5º Zico (48 gols)