PC e PM capturam foragidos da cadeia em Ji-Paraná

Arnaldo Vieira do Prado, que seria líder do PCC e Edson Raimundo, que tentou tomar a arma de um policial foram presos em Ouro Preto.

0
Um dos fugitivos tentou tomar a arma do policial e foi baleado.
Foto: Correio Central

Redação Correio Central – Ação conjunta da Policia Civil e a Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste resultou na prisão de dois dos 28 fugitivos do Presídio Agenor Martins de Carvalho que conseguiram fugir do cerco policial em Ji-Paraná na manhã de ontem, as prisões ocorreram no Conjunto Habitacional Ouro Preto, ao lado do Residencial Park Amazonas e numa área de mata próximo da Aspop – Associação dos Policiais Militares.

Foram presos Arnaldo Vieira do Prado, que tem familiares em Ouro Preto do Oeste e seria o líder do PCC no estado e Edson Raimundo da Silva, que é do estado de Mato Grosso. Na hora da prisão de Edson, ele tentou tomar a arma de um dos policiais civis que estavam na operação.

Entre os recapturados, está um dos assassinos do contador Gleysson Batista, no Morro Chico Mendes, em Ouro Preto.
Foto: Correio Central

O policial entrou em luta corporal com o fugitivo e efetuou um disparo, atingindo-o no joelho. O preso foi encaminhado para o Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga e depois transferido para o hospital de Ji-Paraná.

Os dois foragidos participaram do roubo da caminhonete em Ji-Paraná, e após o veículo capotar eles conseguiram fugir do cerco e vieram para Ouro Preto do Oeste.

A operação de cerco e prisão de Edson e Arnaldo foi coordenada pelo delegado Niki Alves Locatelli e o Capitão PM Edivaldo Elias, que deixa hoje o comando da 3ª Companha de Policiamento Ostensivo de Ouro Preto do Oeste, e retorna para o 2º BPM em Ji-Paraná.

Entre os fugitivos estava Ronaldo Simões da Costa, o “naldage” condenado a 24 anos e oito meses de prisão pelo envolvimento no latrocínio praticado contra o contador Gleysson Batista Campos, em crime com requinte de crueldade ocorrido na madrugada do dia 27 de novembro de 2016, em uma das rampas de salto de paraglyding do morro Chico Mendes.

Na prisão, naldage ganhou outro codinome: Dum Dum. Ele foi um dos primeiros a ser capturado pela polícia no cerco feito em Ji-Paraná na manhã de ontem.

Arnaldo foi capturado em Ouro Preto do Oeste onde ele tem parentes

Ronaldo Naldage foi capturado em Ji-Paraná na manhã desta quarta-feira.
Foto: PC Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here