Assaltantes matam produtor rural em Monte Negro, nesta quarta-feira

Vítima havia vendido uma carga de gado e o assalto aconteceu no momento em que chegavam em casa.

0
Família foi rendida quando chegava em casa, em Monte Negro — Foto: WhatsApp/Reprodução

Leomar Soares do Nascimento, de 37 anos, foi assassinado com um tiro de calibre .16 na cabeça, durante um assalto, em sua propriedade na BR-421, KM-63, próximo do Travessão da LC-10, Gleba 37, zona rural de Monte Negro (RO), Vale do Jamari.

O assalto aconteceu no momento em que a vítima, acompanhado da esposa e filhos, chegavam em casa. Um homem armado e usando um capacete, empunhando uma arma, rendeu Leomar assim que ele parou o veículo para abrir a porteira.

Com a arma na cabeça da vítima, que ainda segurava uma criança, o bandido exigia dinheiro e ameaçava toda a família. Em dado momento o criminoso exigiu que a família entrasse para dentro de casa, Leomar ficou para trás com o bandido que atirou na cabeça dele [Leomar], mesmo sem que a vítima reagisse.

A esposa de Leomar contou para os policiais que correu para ver o esposo e percebeu que ele havia morrido instantaneamente. Foi neste momento que ela percebeu que se tratavam de dois bandidos e não apenas um.

Ao adentrar a casa, a mulher percebeu que o imóvel foi revirado e sentiu falta de um smartphone/telefone celular R$ 40, em dinheiro, uma espingarda cal .16, além de outros objetos que ela não precisou.

Conforme a vítima, Leomar negociou com um morador da Linha LC-10, na BR-421, uma carga de gado no valor de R$ 13.400,00. A vítima forneceu os dados do comprador para as autoridades.

A perícia da Polícia Civil constatou apenas um disparo na vítima, que atingiu a mão esquerda, que provavelmente estaria na cabeça, saindo pela parte frontal, matando instantaneamente o produtor rural.

O boletim de ocorrência registra como ‘latrocínio’, quando é roubo seguido de morte.

Não há mais detalhes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here