Morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, aos 99 anos

Em fevereiro, o príncipe passou mal e foi internado preventivamente em um hospital de Londres

Morreu, nesta sexta-feira (9/4), aos 99 anos, o príncipe Philip. A informação foi confirmada pelo Castelo de Windsor. Segundo o comunicado, ele faleceu pacificamente. O  Duque de Edimburgo era casado com a Ranha Elizabeth II. “É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor”, informou a família real britânica, em sua conta no Twitter.

Em fevereiro, o príncipe passou mal e foi internado preventivamente em um hospital de Londres. Em março, ainda internado, ele foi submetido a uma cirurgia para um problema cardíaco preexistente. Segundo o Palácio, a cirurgia foi bem-sucedida. 

Tanto o príncipe Philip quanto a Rainha foram imunizados contra a covid-19 em janeiro. 

O Duque de Edimburgo 

Philip é filho de Andrew, príncipe da Grécia e da Dinamarca, e de Alice, princesa de Battenberg. Nasceu na Grécia em 1921, mas foi expulso do país junto aos pais durante o golpe de 1922.

Serviu a Marinha Real Britânica e casou com a, então jovem Elizabeth, em 1947. Para isso, ele teve que abandonar os títulos gregos e dinamarqueses e recebeu o de Duque de Edimburgo. Em 2017, aos 96 anos, ele deixou a vida pública.

Polêmico, são muitos os episódios de declarações que causaram desconforto, muitas vezes pelo racismo velado, e os episódios de relações fora do casamento. Quando o seu filho, o príncipe Charles casou com princesa Diana, ele foi um dos opositores ao romance.

materia: correiobraziliense