Rondônia é o maior estado produtor de peixe redondo o Brasil.
Estado já é o terceiro na produção de pescado, no país.

Fábio Lopes (Agricultura) Edilson Alencar (Prefeito Médici) e Sidney Antônio (Emater)

Durante entrevista na Plan 92,7 Mhz de Presidente Médici [Tropical FM], o técnico da Emater Sidney Antônio Marconi, destacou a posição de Rondônia no ranking nacional do pescado. “Rondônia é o maior produtor de peixe redondo, ou seja, em cativeiro, de água doce do Brasil”, disse.

Nesta sexta-feira, dia 27 de setembro, houve evento com ao menos três palestras sobre os avanços da piscicultura em Rondônia, que tem seu berço no município de Pimenta Bueno (RO) Zona da Mata.

A Piscigranja Esperança, do tão conhecido Pedrinho Megumi é a maior granja de peixe em cativeiro, com produção de várias espécies de alevinos em toda a Região Norte. “Pedrinho Megumi comercializa 7 milhões de alevinos por ano e é um dos responsáveis pelo grande salto na produção de tambaquis em Rondônia. “Ele comercializa 7 milhões de alevinos por ano e é um dos responsáveis pelo grande salto na produção de tambaquis em Rondônia”, disse Sidney Antônio.

De acordo com o que foi discutido durante o evento, em Rondônia, as regiões dos municípios de Ariquemes, no Vale do Jamari, Mirante da Serra e Urupá, que ficam na Região Central, contribuem para que o estado seja destaque ocupando a primeira posição do país na produção de peixes nativos de água doce do Brasil.

Sidney Antônio confirmou através de pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que 80 mil toneladas de pescado por ano, são produzidas e espalhadas por todo país.

Sonora Sidney Antônio durante entrevista. Clique para Ouvir: 

 

Piscicultura em Rondônia cresce 15% ao ano

 

 

Nelson Salim Salles